No início do confinamento… as mudanças, enquanto professora e mãe, foram muitas…

Sou mãe de três rapazes e enquanto professora e esposa de um professor tive que reorganizar horários, espaços, rotinas, práticas, calendários, … Ter cinco espaços isolados em casa com internet, sabendo que no 1.º piso da casa apenas um quarto tinha internet foi obra: um filho na sala, outro no escritório, eu no hall, o marido na cozinha e o outro filho no quatro com internet no 1.º piso… Defini com cada um dos meus filhos um horário de estudo e elaborámos uma grelha de registo das tarefas semanais, bem como o horário das aulas na RTP-Memória…. Além das aulas os meus filhos também têm outras atividades… várias plataformas… Teams, Zoom, GoogleClassroom… com o passar do tempo notei que o poder de adaptação de cada um era surpreendente!!! Deixei fluir… dialogava… e dialogo com eles e com os Diretores de Turma… Ter tecnologia para todos os cinco cá em casa foi um desafio… telemóveis… tablets… portátil… computador fixo sem micro e sem câmara (começamos a usar uma aplicação no computador e no telemóvel para obtermos uma câmara… é assim que dou as minhas aulas…)

Enquanto docente tive que aprender a trabalhar com a plataforma Teams definida pela minha Escola… era tudo novo… criar equipas, agendar reuniões com os alunos (aulas síncronas), reunir com os colegas de grupo, de conselho de turma, fazer formação online, elaborar questionários no Forms, partilhar Tarefas com os alunos, corrigir trabalhos…

Resolver exercícios em linguagem matemática não é fácil recorrendo ao MathType… nem online, por isso os meus alunos enviavam e … enviam fotos das suas resoluções feitas nos cadernos… Abrir cada tarefa… guardar em pastas (pois no Teams não dá para aumentar o tamanho do documento) e corrigir… ampliando o documento…  foi… é … uma verdadeira maratona… pois dar feedback on time é crucial (dar dicas de melhoria, enviar uma proposta de resolução da tarefa solicitada, …)

Os dias de confinamento passaram online… e passam online… a uma velocidade furiosa…

São tempos de mudança…

       … a vida em casa continua…

Como com trinta minutos semanais de Matemática de nono ano abordamos um tópico… como cativar a atenção dos alunos…?

Num ápice aprendi a partilhar o ecrã… recorri à Escola Virtual, à Aula Digital, à Khan Academy, ao Youtube, à Escola Mágica, ao Geogebra, à RTP-Memória, … criava… e crio tarefas orientadoras com imensos exemplos e forneci…e forneço um Guião Pedagógico de Sucesso semanal para as aulas… verdadeiras provas de orientação

Gostaria aqui de enaltecer o trabalho de todos os professores que se dedicam a preparar e apresentar semanalmente aulas a um país…

É sem dúvida um ato de coragem… em prol do outro… o aluno… os alunos do nosso país!!!

Segui…e sigo semanalmente as aulas de Matemática de 9.º ano na RTP-Memória, nas quais tenho também aprendido… aperfeiçoado… Os colegas estão a lecionar todos os conteúdos programáticos de 9.º ano… uma verdadeira corrida contra o tempo… bem como apresentam um conjunto de tarefas por aula para os alunos realizar.

Sinto que tenho tanto que aprender… não há um manual que ensine a ser professora… a ser mãe…

Aprendo a ser professora… a ser mãe… todos os dias…

AUTORA:

Márcia Furtado Temtem, Professora de Matemática há 23 anos na ilha da Madeira (este ano letivo a lecionar o 9.º ano), Mestre em “Matemática para o Ensino”,Coordenadora Regional do “Campeonato Regional de Jogos Matemáticos” (Projeto da DRE-Madeira), e Mãe de 3 rapazes (13, 15 e 17 anos).